A importância do Teste do Pezinho

Img 9052

Também conhecido como Triagem Neonatal, o Teste do Pezinho consiste em um exame laboratorial que detecta precocemente doenças metabólicas, genéticas e infecciosas que poderão causar sequelas irreversíveis ao seu bebê, como o retardo mental. Recomenda-se que seja feito entre o 3º e o 7º dia de vida.

O procedimento é bastante simples e não oferece riscos à criança, sendo realizado através da análise de amostras de sangue coletadas do calcanhar. É importante que mamães e papais saibam que esta é uma região rica em vasos sanguíneos e a coleta de sangue é feita rapidamente apenas com um furinho. Todo o processo é quase indolor e o choro somente acontece por esta ser uma sensação nova ao bebê.


Se diagnosticadas antes da manifestação dos primeiros sintomas, muitas destas doenças podem ser tratadas com sucesso, sem maiores riscos ao seu filho. Agora, uma vez que a deficiência esteja presente no corpo, ela já não pode ser curada.


As doenças diagnosticadas através do Teste do Pezinho são: Fenilcetanúria, Galactosemia, Hipotireoidismo, Hiperplasia Adrenal, Fibrose Cística, Deficiência de Biotinidase, Toxoplasmose, G6PD, Rubéola, Anemia Falciforme, MCAD, Sífilis, Citomegalovirose, Doença de Chagas, AIDS, Surdez Congênita não Sindromica e Espectometria de Massa em Tandem.


Garanta a saúde e o bem-estar do seu filho. O exame convencional é obrigatório e gratuito em todo o Brasil.